Como identificar um Relacionamento Abusivo?

Relacionamentos abusivos causam danos psicológicos graves, mas os sinais nem sempre são percebidos pelos envolvidos, levando-os ao abismo emocional, ou até mesmo a situações ainda mais dramáticas e de perigo à vida.

Relacionamentos abusivos ocorrem com frequência, mas nem sempre são percebidos pelos envolvidos. Como alguns sinais não são muito óbvios — com empurrões, agressões físicas ou xingamentos — você pode estar sofrendo com abusos mais sutis e não perceber.

 

O abuso psicológico — mental, ou emocional — ocorre de forma silenciosa, dentro de relacionamentos muito arraigados, onde uma pessoa tenta controlar ou manipular a outra. Contém forte carga emocional e ameaças, forçando a vítima a cumprir os desejos do agressor.

Quem é abusado nesse tipo de relacionamento se sente impotente, sem esperança e força para lutar. Acuado pelo agressor, é convencido de que é culpado e, de alguma forma, responsável pelo abuso.


Relacionamentos abusivos deixam marcar severas no emocional, abalando a autoestima, por isso é muito importante conhecer e identificar logo os sinais, a tempo de agir e evitar situações dramáticas e de perigo à vida.

 

Quais os sinais de um relacionamento abusivo?

 

Um relacionamento abusivo não se caracteriza apenas por agressão e violência física. Há muitas formas sofisticadas de abusos psicológicos.

 

Palavras doces, amorosas, muitas vezes disfarçam críticas e ameaças. Após atos violentos, os abusadores tendem a pedir desculpas. Criam um ciclo de abuso que intercala violência e pedidos afetuosos de desculpa, fragilizando a vítima e prendendo-a nesse relacionamento doentio.

 

Os gestos  de carinho buscam apagar os abusos, numa compensação pelo mau comportamento. A vítima, então, fragilizada, se prende à esperança de que as coisas mudarão, e o agressor sabe disso.

 

Relacionamos alguns comportamentos que podem ser sinais de um relacionamento abusivo. Dependendo da forma ou intensidade com que os fatos ocorrem, deve-se ligar o alerta:

 

  • Humilhações e constrangimentos; 
  • Críticas exageradas e permanentes;
  • Ignorando ou excluindo você;
  • Casos extraconjugais;
  • Comportamento provocador com sexo oposto;
  • Uso de sarcasmo e tom de voz desagradável;
  • Ciúmes irracionais;
  • Piadas e provocações frequentes;
  • Chantagens e manipulações;
  • Isolando você de amigos e familiares;
  • Controle através do dinheiro.

 

Em muitas situações, os agressores podem querer convencê-lo de que você não merece um tratamento melhor ou que eles estão tratando você dessa maneira para ajudá-lo. Abusadores são manipuladores e farão de tudo para você acreditar que a maneira como está sendo tratado é sua culpa. 

 

Cuidado: não se sinta culpado. Essas pessoas sabem que todos têm inseguranças e usará essas inseguranças contra você.

 

Por que é tão difícil sair de um relacionamento abusivo?

 

É muito comum encontrarmos pessoas vivendo durante anos em um relacionamento extremamente abusivo. Presas a falsa esperança de que um dia as coisas vão melhorar. Embora possa acontecer algo que leve a uma mudança do agressor, isso depende de uma motivação tão grande que podemos afirmar que é praticamente impossível de ocorrer.

 

Após um período muito longo de opressão e com a baixa estima, a pessoa agredida não tem forças para sair dessa trama. Nesses casos, o primeiro passo é buscar ajudar, um aconselhamento, para reconstruir a sua estima. 

 

Às vezes, é difícil reconhecer que ainda se ama o agressor, mas saiba que você pode amá-lo, mas apesar disso ele não a ama nem respeita. 

 

Se você estiver em um relacionamento abusivo, é importante  buscar ajuda de um profissional.   Com o tempo, com apoio de um terapeuta, você se sentirá fortalecido e pronto para seguir o seu caminho.

 

Querendo conversar e saber mais sobre o assunto, entre em contato!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

INSONIA
Transtornos diversos

Insônia: O que fazer para passar as noites sem ela?

Se a insônia surge no meio da sua noite e fica instalada até o dia clarear, saiba que existe tratamento para minimizar esse transtorno e é muito importante investigar as causas que fazem com que ela aconteça. A insônia é um problema do sono muito comum nos adultos. Estudo realizado pela Associação Brasileira do Sono

Ler mais»
hipocondriaco
Patologias

Hipocondria: Quais os sintomas e como tratar?

O hipocondríaco, basicamente, é toda pessoa que tem preocupação excessiva com doença. Entenda melhor os sintomas e veja como tratar. A hipocondria caracteriza-se pela preocupação excessiva com doenças e leva ao medo com relação à saúde, transformando-se num verdadeiro transtorno de ansiedade para a pessoa. Estudos revelam que os hipocondríacos tendem a ficar presos em

Ler mais»
terapia online x presencial
Assuntos diversos

Terapia: atendimento online x atendimento presencial

Quem busca uma terapia hoje em dia fica em dúvida sobre que modalidade escolher: online ou presencial. Veja as principais características de cada uma.   Fazer terapia é uma decisão muitas vezes cercada de dúvidas, mas, com toda certeza, é um passo importante na vida de qualquer pessoa. A questão principal, hoje em dia, é

Ler mais»
atendimento online
Assuntos diversos

Dicas de como fazer um atendimento online de qualidade.

Fique atento para as dicas de como fazer um atendimento online de qualidade   Dicas para atendimento online Atendimento via celular:  Não esqueça de verificar se o mesmo está carregado Se a internet será via 5g /4g ou wifi e se a mesma e se a mesma está funcionando  Se o aplicativo da plataforma já

Ler mais»
ansiedade social
Transtornos diversos

Ansiedade Social: Quais os sintomas e como tratar?

Ansiedade Social: Quais os sintomas e como tratar? A ansiedade social está presente em diversos momentos da vida, mas pode se tornar um transtorno severo, gerar muito desconforto e comprometer a qualidade de vida.    Ansiedade social é normal quando está associada ao sentimento de desconforto que sentimos quando precisamos falar em público, ou quando

Ler mais»
ansiedade
Transtornos diversos

Ansiedade: o que fazer para controlar?

Ansiedade é a forma do seu corpo reagir às situações de estresse do dia a dia, mas, quando ocorre com frequência, traz muito desconforto. O que fazer para controlá-la? A ansiedade é a resposta natural do seu corpo ao estresse. Na maioria das vezes, surge com o sentimento de medo ou apreensão sobre o futuro,

Ler mais»